Regulamento WKR – Kartódromo RBC Racing

Campeonatos Indoor

Regulamento WKR

Regulamento WKR

WKR- Womans´s Kart Race

REGULAMENTO GERAL

Artigo 1º – ORGANIZAÇÃO E SUPERVISÃO:

O Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano irá promover um campeonato de kart denominado WKR- Womans´s Kart Race, a disputa será aberta somente para pilotos do sexo feminino.

Artigo 2º – CALENDÁRIO/HORÁRIOS:

I-1º evento – 11 de outubro- 10h:45min.

II-2º evento – 15 de novembro – 10h00min.

III-3º evento – Indefinido

IV-4º evento – 17 de janeiro – 10h00min.

V-5º evento – 07 de fevereiro – 10h00min.

VI-6º evento – 07 de março – 10h00min – após a corrida Confraternização e entrega de troféus.

Artigo 3º – INSCRIÇÕES:

As inscrições poderão ser efetuadas através do link  https://inscricao.rbcracing.com.br/

I-O valor a ser pago da inscrição é de R$120,00, referente à camisa, boné, premiação e confraternização.

II-O valor a ser pago para as seis etapas será de R$ 540,00 (quinhentos e quarenta reais), este valor poderá ser dividido em até 6 vezes de R$ 90,00 no cartão de crédito. Também será possível dividir de até 10x de R$100,00 no cartão de crédito, totalizando R$ 600,00.

III-Para pagamento por etapa individual, o valor a ser pago será o vigente na data da corrida.

Artigo 4º – SORTEIO DOS KARTS:

Os karts serão sorteados na sala de briefing na presença das pilotos.

Artigo 5º – TROCA DE KART:

I- Quaisquer trocas de karts somente poderão ser autorizadas pela organização do evento.

II-Será permitida apenas uma troca de kart durante a tomada de tempo, não havendo perda de posição.

III-Uma eventual segunda troca de kart durante a tomada de tempo, somente será autorizada se houver defeito mecânico comprovado pelos mecânicos do kartódromo que impossibilite o piloto de continuar participando do evento.

Artigo 6º – TOMADA DE TEMPO:

Em todos os eventos haverá tomada de tempo de cinco minutos.

Artigo 7º – CORRIDAS:

Cada corrida terá 20 minutos de duração.

I-O grid de largada será montado com base no resultado da tomada de tempo.

II-O Diretor de Prova poderá ou não paralisar a prova, a seu critério, por questões de segurança. No caso de paralisação, tendo sido completados 50% da prova valerá a pontuação integral, com base na posição de cada piloto na volta anterior à da paralisação. Em caso de paralisação com menos de 50% do tempo previsto será dada nova largada.

Artigo 10 – PESO:

O peso mínimo base obrigatório deverá ser de 90 quilos. A organização poderá disponibilizar até 40 quilos em forma de barras de ferro de aproximadamente cinco quilos cada para completar o peso do piloto que não alcançar o peso mínimo exigido.

I-A colocação dos pesos no kart será de responsabilidade da piloto.

II- As cinco primeiras colocadas deverão ser pesadas após a corrida na balança oficial do evento instalada no interior do parque fechado.

III-Ao descer do kart ao final da prova, a piloto deverá imediatamente se dirigir a balança para conferência de peso, o comissário irá conferir o número de barras de chumbo que a piloto deverá estar carregando após a pesagem.

IV- A falta de placas de ferro implicará na desclassificação da piloto daquela corrida.

Artigo 11 – DESCARTE:

I-Todas as concorrentes deverão descartar a pior pontuação de pista alcançada durante a competição.

Artigo 12 – PENALIDADES:

I-Qualquer penalidade, ato de indisciplina, dentro ou fora da pista acarretará na perda de 30 segundos no tempo total da piloto na bateria.

II-A piloto que durante a corrida ficar levantando a mão induzindo o diretor de prova ao erro será considerada atitude antidesportiva e a piloto será automaticamente punida com o acréscimo de 20 segundos ao seu tempo total de prova.

IV-Será EXCLUÍDA a piloto que independentemente do motivo, com ou sem razão, REVIDAR qualquer ato ocorrido com qualquer piloto, na pista ou nas dependências do kartódromo.

V-Atitude antidesportiva de qualquer piloto que deliberadamente tirar da pista outra concorrente, será punida a critério dos organizadores e, poderá ensejar sua exclusão ou desclassificação da prova.

VI-A competição não é de equipe e sim uma disputa individual, sendo inaceitável a ajuda de alguma piloto a outra, seja empurrando o kart ou protegendo a ultrapassagem. No caso que ficar constatada a ocorrência de tais subterfúgios, as pilotos envolvidas serão excluídas ou desclassificadas da corrida.

Artigo 13 – PONTUAÇÃO, CLASSIFICAÇÃO FINAL E PREMIAÇÃO:

I-Pontuação para todas as seis provas:

RESULTADO PONTOS RESULTADO PONTOS RESULTADO PONTOS
25 14 17º 6
22 10º 13 18º 5
20 11º 12 19º 4
19 12º 11 20º 3
18 13º 10 21º 2
17 14º 9 22º 1
16 15º 8
15 16º 7

II-Classificação final: Será declarada Campeã, a piloto que atingir a maior soma de pontos ao final da competição, depois de aplicado o critério obrigatório de descarte N-2, ou seja, do ponto relativo ao pior resultado de pista dentre as seis provas da competição.

IV-Desempate: Na hipótese de empate na soma de pontos ao final das 06 provas, o melhor resultado será definido conforme abaixo:

  1.  Em favor da piloto que tiver alcançado a maior soma bruta de pontos, ou seja, sem os descartes.
  2.  Se o empate ainda persistir será declarada vencedora, a piloto que tiver obtido o maior número 1º lugares, em seguida mais 2º lugares, e assim por diante.
  3.  Se ainda assim persistir o empate, será declarada vencedora a piloto que tiver obtido a melhor colocação na sexta e última prova do campeonato.

Artigo 14 – PREMIAÇÃO:

I-Premiação em cada evento:

Serão oferecidas medalhas as 5 primeiras colocadas em cada etapa, e sorteio do prêmios ofereciodos pelos parceiros dos campeonato.

II-Premiação Final: Ao final da competição, serão oferecidos troféus a Campeã, Vice-Campeã, Terceira colocada, Quarta colocada e Quinta colocada.

Artigo 15 – CASOS OMISSOS:

Os casos omissos serão analisados, julgados e decididos pela organização.

Vespasiano, Setembro de 2020.